Central de atend.:  27 2121-0022
27 99893-1832

Espaço Saúde

Exames Sorológicos para Covid-19 – Perguntas Frequentes

19 de março de 2021

Neste artigo reunimos tudo que você precisa saber sobre as sorologias para COVID-19 que o Bioclínico oferece.

Quais são os tipos de exames sorológicos disponíveis?

São 5 tipos:

Sorologia para Covid-19 – Anticorpos IgG – Automatizado: É um teste realizado em plataforma automatizada pela metodologia de Quimioluminescência da empresa Abbott. O exame pode ser realizado a partir do 14º dia de início dos sintomas. Este teste utiliza como antígeno a proteína do nucleocapsídeo do SARS-CoV-2, e apresenta alta sensibilidade e especificidade. No entanto, algumas pessoas podem apresentar resultados divergentes em kits que utilizam antígenos distintos para a detecção de anticorpos, ou até mesmo por diferença de performance entre testes de diferentes fabricantes.

Sorologia para Covid-19 – Anticorpos IgG e IgM – Automatizado: É um teste realizado em plataforma automatizada pela metodologia de Quimioluminescência da empresa Abbott e busca anticorpos IgG e IgM separadamente. O exame pode ser realizado a partir do 10º dia de início dos sintomas. Este teste utiliza como antígeno a proteína do nucleocapsídeo (para IgG) e S1 (para IgM) do SARS-CoV-2, e apresenta alta sensibilidade e especificidade. No entanto, algumas pessoas podem apresentar resultados divergentes em kits que utilizam antígenos distintos para a detecção de anticorpos, ou até mesmo por diferença de performance entre testes de diferentes fabricantes.

Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Totais (IgG + IgM): É um teste realizado em plataforma automatizada pela metodologia de Eletroquimioluminescência da empresa Roche e apresenta um resultado único da somatória de anticorpos IgG e IgM, não sendo possível a identificação individual dos anticorpos. O exame pode ser realizado a partir do 14º dia de início dos sintomas. Este teste utiliza como antígeno a proteína do nucleocapsídeo do SARS-CoV-2, e apresenta alta sensibilidade e especificidade. No entanto, algumas pessoas podem apresentar resultados divergentes em kits que utilizam antígenos distintos para a detecção de anticorpos, ou até mesmo por diferença de performance entre testes de diferentes fabricantes.

Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Neutralizantes: Este exame qualifica a resposta imune verificando a capacidade dos anticorpos de bloquearem a ligação da proteína da espícula viral (denominada “Spike”) ao receptor nas células humanas. É útil para indicar a capacidade de resposta imunológica do organismo contra o SARS-CoV-2. Deve ser realizado após o 20º dia do início dos sintomas. Para avaliação pós-vacinação, ainda não há estudos suficientes para definir o prazo ideal para realização do exame, mas alguns trabalhos indicam a coleta 30 dias após a última dose. É indicado para identificar a presença de anticorpos Anti SARS-CoV-2 naturais ou pós-vacinação.

Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Quantitativos Anti-Spike (IgG): É um teste quantitativo da empresa Abbott que detecta anticorpos da classe IgG, incluindo anticorpos neutralizantes, contra o domínio de ligação ao receptor (RBD) da subunidade S1 da proteína Spike (proteína S) do SARS-CoV-2. É indicado para determinar e monitorar a resposta imunitária de pessoas que foram vacinadas e/ou tiveram Covid.

Deve ser realizado após 14 dias do início dos sintomas. Para avaliação pós-vacinação, ainda não há estudos suficientes definindo o prazo ideal para realização do exame, mas alguns trabalhos indicam a coleta 30 dias após a última dose.

Como funcionam os testes de anticorpos (sorologias) para COVID-19 e para que servem?

As sorologias para COVID-19 são testes que detectam no sangue do indivíduo a presença de anticorpos da classe IgM ou IgG contra proteínas do vírus SARS-CoV-2. A presença de anticorpos não significa proteção contra infecção ou doença, apenas evidência de exposição ao SARS-CoV-2 por infecção natural ou pós-vacina, ou ainda exposição a outros coronavírus.

O que são anticorpos neutralizantes?

Anticorpos neutralizantes são anticorpos que inibem a ação do vírus por impedirem a sua entrada no organismo, evitando, assim, a replicação viral e o adoecimento.

A sorologia de anticorpos neutralizantes verifica a presença de anticorpos com capacidade de neutralização do SARS-CoV-2. Esta sorologia é desenhada para detectar anticorpos com capacidade de bloquear a ligação do vírus no receptor da célula humana, portanto impedindo sua entrada na célula.

A produção desse tipo de anticorpos pode ocorrer após infecção natural pelo SARS-CoV-2 ou após a vacinação contra COVID-19.

Qual é a diferença entre os anticorpos neutralizantes e outros testes sorológicos (tipo IgM/IgG ou anticorpos totais)?

A produção de anticorpos ocorre como resposta à presença de algum agente agressor, como um vírus. Diversos componentes virais podem estimular a resposta imunológica, levando ao desenvolvimento de anticorpos.

A simples detecção de um tipo de anticorpo não significa afirmar sua funcionalidade, ou seja, sua capacidade de neutralização do agente viral.

As sorologias inicialmente disponíveis detectam a presença de anticorpos contra diversos componentes do vírus, mas não verificam a sua capacidade de neutralização viral. Essa é a diferença essencial entre os testes inicialmente disponíveis e o teste de anticorpos neutralizantes.

Como é o resultado do teste de anticorpos neutralizantes?

O resultado é expresso como reagente (foram detectados anticorpos neutralizantes) ou não reagente (não foram detectados anticorpos neutralizantes). O resultado reagente vem acompanhado de um resultado numérico em %.

Entretanto, até o momento, não existe definição da quantidade de anticorpos neutralizantes necessária para proteção imunológica contra a infecção pelo SARS-CoV-2, contra formas graves da doença, nem contra as novas variantes circulantes.

Acima de que nível posso me considerar protegido?

Apesar da sorologia de anticorpos neutralizantes ter resultados muito mais correlacionados com o ensaio de neutralização em placa (ensaio padrão ouro para determinar a capacidade de neutralizar o vírus), ainda não temos trabalhos que demonstrem na prática qual é o nível de proteção dos anticorpos neutralizantes e nem por quanto tempo essa proteção dura. Também não é definido ainda se esses anticorpos são capazes de evitar a infecção e o risco de transmissão do vírus e/ou proteger de desenvolver a doença. Portanto, mesmo com resultado positivo, devem ser seguidas todas as orientações dos órgãos de saúde sobre distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos, enquanto surgem novas evidências e recomendações.

Como avaliar os testes de anticorpos disponíveis no Bioclínico pós-vacina?

O Brasil tem hoje duas vacinas disponíveis para COVID: a Coronavac/Butantan e a Vacina Oxford/ Fiocruz. Essas vacinas têm composições distintas, e por isso induzem a produção de anticorpos direcionados contra diferentes partes do vírus.

Dessa forma, quando a intenção é avaliar a produção de anticorpos pós-vacina, mesmo levando-se em consideração todas as limitações da interpretação desses resultados, é importante observar o tipo de teste de anticorpos (sorologia) que pode ser solicitado para avaliar cada vacina.

Assim temos:

Vacina Coronavac /Butantan

Vacina de vírus inativado. Como se trata de vírus inteiro, pode estimular a produção de anticorpos direcionados tanto a proteínas Spike como do Nucleocapsídeo do vírus, podendo ser identificados pelos seguintes testes sorológicos disponíveis no momento:

  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos IgG e IgM – Automatizado
  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos IgG – Automatizado
  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Totais (IgG + IgM)
  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Quantitativos Anti-Spike (IgG)
  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Neutralizantes

Vacina Oxford/Fiocruz

Vacina recombinante baseada em vetor viral não replicativo contendo informação genética da proteína Spike do vírus, podendo ser detectado através dos seguintes testes disponíveis no momento:

  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Quantitativos Anti-Spike (IgG)
  • Sorologia para Covid-19 – Anticorpos Neutralizantes

Importante:

  • Os exames sorológicos não devem ser utilizados para avaliação de pacientes com sintomas respiratórios agudos. Nesses casos, indica-se a realização do TESTE COVID19 PCR (pela metodologia RT-PCR).
  • A presença de anticorpos neutralizantes não dispensa a necessidade de serem mantidas as medidas de segurança, higiene e distanciamento social.
  • É sempre importante correlacionar o resultado do exame com o quadro clínico e com outros achados laboratoriais do paciente.
  • Os exames sorológicos podem ser realizados em qualquer unidade, não necessitando nenhum tipo de agendamento ou jejum. O pedido médico só é necessário para a realização do exame via convênio.
  • Os exames Anticorpos Quantitativos Anti-Spike e Anticorpos Neutralizantes não estão no ROL da ANS, não tendo cobertura pelas operadoras.
  • Sobre os testes sorológicos: Trabalhos científicos mostram que alguns poucos pacientes com diagnóstico de Covid-19 não apresentam soroconversão (produção de anticorpos) ou demoram mais tempo para produzí-los. Portanto, em caso de dúvidas, converse com seu médico antes da realização dos exames.
  • Confira os convênios credenciados para os exames de Covid-19 – clique aqui 

 

Fonte: Dasa / Bioclínico

Todos os direitos reservaods ao Laboratório Bioclínico © 2018